quinta-feira, 31 de julho de 2008

Só, lamento

E à fogo afogo o afago
Que de fato, é franquia do amor
Mas, quando fraco, e não franco
È foco de que no fundo há dor

A dor que apressa o passo
E a prece não cura
Expressa que do triste passado
Ainda resta um pouco de doçura

E pensando no pesado fardo
que trago deste intragável sentimento
sem ti , minto estar grato
e vivo só lá.só lamento.

5 comentários:

Anselmo Freitas disse...

Aha aha

E do fogo vem a quentura que não te deixas sem mentir.Se tu vives só, só lamento.

~~ponto disse...

AAAAAAAAAAAAHHH!!! Anitellizinhooo!! \o/
To dizendo! Agora só falta musicar.

Glaucione disse...

e ela voltou!
=*




textos lindos! a.m.e.i.

Fanfarrão disse...

Viver só, as vezes, nem sempre é tão mal assim.
Nos torna amigo de nós mesmos.

ImaGINE disse...

não é bom se lamentar tanto, acorda garoto, a vida tem milhões de possibilidades

beejo