terça-feira, 17 de junho de 2008

A solidão

A solidão não consiste no estar só
Mas no sentir-se carente de um abraço
No sentir-se, na imensidão do oceano, pó.

Mas na natureza eu busco a paz
A fuga dos meus problemas
A solução para o que não me satisfaz
A cura total para esse edema

Mas a solidão é o que nos faz crescer
A solidão é boa porque é difícil
Assim como o amor que nos faz sofrer
Que também só é bom, pois é incompreensível.

Mas no obscuro da solidão
Que me faz sentir doente
Eu tiro força da emoção em te ver
Para sorrir e seguir em frente.

4 comentários:

Eduardo Henrique Silveira Mota disse...

Já dizia Cazuza "Que quem ama nesta vida/ Às vezes ama sem querer/, Que a dor no fundo esconde/ Uma pontinha de prazer". Sem a solidão, sem a saudade, os momentos juntos não teriam sentidos. Tempo demais enjoa, tempo de menos amadurece.
Cara, eu adoro o que vc escreve.
Pq apagou o outro texto?

mariana disse...

eu cada vez me surpreendo mais com os textos do meu zéézão!
adorei esse texto, e concordo com cada palavra beeijo zé :*

Dennyse Macedo disse...

a vida ñ deve ser necessariamente como uma propaganda de margarina...o contrário do que as pessoas pensam, aprendemos muito com a solidão, com o silêncio =]

textos adoráveis ^^

Fanfarrão disse...

"Para sorrir e seguir em frente".

Por mais difícil que possa parecer, sempre sorrimos e seguimos em frente, mesmo que esse caminho seja o mais duro e longo para poder se seguir.